Primeira consulta ao ginecologista. O que perguntar?

O que vai acontecer na primeira consulta?
Segundo o médico, a primeira consulta é um bate-papo para que o especialista conheça a paciente. São feitas perguntas relacionadas a doenças de infância, enfermidades na família, hábitos de vida, primeira menstruação, presença de cólicas e a regularidade dos ciclos menstruais. É essencial sempre dizer a verdade, porque é por meio das respostas que o médico fará uma avaliação correta.

Vou fazer exame ginecológico?
A resposta é variável. Meninas que ainda não iniciaram a vida sexual podem ter as mamas e o abdômen avaliado, através de toques. Já aquelas que perderam a virgindade podem ter útero e ovários examinados. Se a paciente já teve relações, são examinados, além das mamas e do abdômen, o útero e os ovários através do exame de toque e exame especular. Pode ser um pouco incômodo, mas nunca doloroso.

Como é o exame ginecológico?
No exame de toque vaginal o médico introduz o dedo indicador e com a outra mão comprime levemente o abdome da mulher. É um exame importantíssimo para avaliar o colo uterino, o corpo uterino e os ovários. Ele é realizado em pacientes que já tiveram relação sexual e faz parte da consulta ginecológica de rotina. Durante este exame é normal sentir um leve desconforto, mas não dor. Caso o procedimento esteja machucando, informe ao médico.

Vou ter que tirar a roupa?
Para que os exames possam ser feitos, mesmo que não haja a necessidade do toque vaginal, a menina precisa ficar sem roupa. Mas, não há do que sentir vergonha. Além dos médicos estarem acostumados à situação, ainda é possível se proteger com um avental.

Escolher médica mulher é melhor?
As mulheres se dividem nessa questão. Muitas preferem ir a ginecologistas mulheres por se sentirem mais a vontade e íntimas, já outras preferem os profissionais homens. É preciso confiar na figura escolhida, independente do gênero dela.

O que perguntar na hora?
Perguntas sobre a sexualidade são normais e devem ser feitas – todas, sem exceção – ao médico. Todas as outras sobre a anatomia do corpo, ciclo menstrual e cuidados íntimos também.

Devo depilar ou raspar os pelos?
Os médicos estão acostumados a lidarem com mulheres o dia todo. Os pelos pubianos são naturais e não interferem na consulta. Portanto, vá como você se sente a vontade.

Menstruei. E agora?
Como a primeira consulta geralmente é mais uma conversa informal, para conhecimento da paciente por parte do médico, pode ir ao ginecologista menstruada sim. Geralmente não se examinam pacientes menstruadas, somente em casos mais urgentes”, explica o médico.

Minha mãe tem que ir junto no ginecologista?
Não. A mãe não precisa ir obrigatoriamente à consulta com o ginecologista. A adolescente, desde que identificada como capaz de avaliar seu problema e de conduzir-se por seus próprios meios para solucioná-lo, tem o direito de ser atendida sem a presença dos pais ou responsáveis no ambiente da consulta.

Comentários